top of page
  • Foto do escritorBeltrão

Direção econômica: dicas para reduzir despesas!


Direção econômica: dicas para reduzir despesas!
Direção econômica: dicas para reduzir despesas!

Estar motorizado traz diversas vantagens, mas também representa um custo significativo no orçamento. Por isso, é preciso adotar uma direção econômica.

Ou seja, incorporar uma série de ações para reduzir as despesas com o automóvel.

Segundo pesquisas, o brasileiro gasta mais de mil reais mensais para manter um veículo popular. Portanto, uma média de 40% do valor do veículo em apenas 12 meses.

É certo que despesas como o DPVAT (seguro obrigatório) e o IPVA não podem ser reduzidas, mas existem formas de economizar na direção.


Fique atento à qualidade do combustível


Pesquisar preços faz parte do cotidiano de todos que valorizam o seu dinheiro.

Mas, quando a questão for o combustível, não  se pode considerar somente o valor do litro, sendo a qualidade fundamental para economizar.

Isso devido ao fato de que, no Brasil, existe uma prática de adulteração da gasolina.

O fato acontece porque distribuidores e postos de combustíveis acrescentam mais de 27% de álcool à gasolina, que é o percentual permitido por lei.

Essa adulteração compromete o desempenho do motor, pois ele passa a trabalhar abaixo do normal.

Como consequência, isso também pode afetar a parte mecânica do veículo.

Uma boa forma de saber se a gasolina é de boa qualidade, é verificar se o posto possui o selo da Agência Nacional do Petróleo (ANP).

Uma outra maneira de identificar se a gasolina é de má qualidade é prestar atenção no motor.

Ao subir uma ladeira, por exemplo, se o motor começar a bater os pinos de maneira incomum, é sinal de que o combustível pode estar vencido ou adulterado.

Neste caso, para preservar o motor, o ideal é procurar um mecânico para fazer uma vistoria geral, e também trocar de posto de gasolina.


Preste atenção no conta-giros. Direção econômica: dicas para reduzir despesas! 


Quando você conduzir o veículo, deve se atentar para os conta-giros na faixa de rotações por minuto (RPM).

Se ela estiver adequada à capacidade do motor, isso ajuda a economizar combustível.

O funcionamento do RPM é bem simples. No início dos conta-giros está a marcha lenta.

Ao final é encontrada a zona vermelha. É importante evitá-la para não comprometer o motor.

A faixa econômica fica na metade do sinalizador de conta-giros, mais ou menos.

De modo geral, a faixa da RPM está compreendida entre 1.000 e 1.500 rotações.

No entanto, em alguns veículos, para reduzir o consumo de combustível, é importante estar atento à sinalização em verde no conta-giros do painel. Direção econômica: dicas para reduzir despesas!


Evite congestionamentos


Nos grandes centros urbanos, os engarrafamentos são quase inevitáveis.

No entanto, é possível atentar-se para rotas alternativas, que podem ser bastante eficientes, fazendo com que o deslocamento aconteça de forma bastante fluida.

Com o carro em deslocamento constante, é possível economizar combustível de forma significativa.

Isso porque paradas constantes, marchas lentas e acelerações para retomada do movimento exigem bastante do motor e, consequentemente, os gastos de combustíveis são maiores. Direção econômica: dicas para reduzir despesas!


Pague menos planejando as suas paradas


Cadastrar-se em programas de desconto é fundamental para economizar com combustível.

Para isso, você pode usar um aplicativo ou aparelho de GPS, que indicam os postos participantes do programa de vantagens.

Ainda é possível escolher abastecer nos postos com bandeira que você mais confia.

Caso você tenha de viajar, e isso implica atravessar vários estados, é importante ficar atento, já que o preço do combustível pode variar bastante.

Vale lembrar que ainda existe a tributação aplicável que varia de um lugar para o outro.

Nesse cenário, é comum que o combustível seja mais em conta, por exemplo, em São Paulo do que no Rio de Janeiro.

Logo, o planejamento é a maneira mais eficiente de você ultrapassar as fronteiras e ainda economizar.


Use o ar condicionado apenas quando necessário


O aparelho de ar condicionado no veículo diminui a potência do motor, pois ele passa a ser compartilhado entre a rotação das rodas e o resfriamento do ar interno.

Em especial nas subidas, isso pode diminuir o desempenho do carro. Neste cenário, o consumo de combustível também é aumentado.

Logo, vidros abertos, quando o local for seguro, ainda é uma das principais formas de fazer uma direção econômica.


Mantenha as rodas balanceadas e os pneus calibrados


Manter a calibração dos pneus é uma medida de segurança e também ajuda a aumentar a durabilidade dos pneus.

A pressão recomendada para a calibração dos pneus está no manual do fabricante.

Esse dado também costuma estar na parte interna da tampa da entrada do tanque de combustível.

Em uma média geral, é recomendado que os pneus sejam calibrados quinzenalmente, no máximo.

Além disso, a manutenção constante nos pneus e nas rodas é fundamental para proporcionar um consumo eficiente de combustível.

Para que você tenha ideia da importância da calibração e manutenção dos pneus, imagine que você tenha de empurrar um carrinho de supermercado cheio de compras.

Agora imagine que as rodas dianteiras estejam tortas para dentro, mesmo que de forma sutil.

Você concorda que o seu esforço terá de ser muito maior?

Esse é o esforço que o carro tem de fazer para se manter em movimento, com a diferença de que ele consumirá muito mais combustível e ainda forçará o motor.


Evite aquecer o motor antes de dirigir para uma direção econômica


Aquecer o motor antes de sair é uma prática recorrente de muitos motoristas, em especial quando os veículos são movidos a álcool.

Mas, diferentemente do que muitos imaginam, essa prática não é necessária, pois a única situação em que aquecer o motor antes de sair é recomendável é quando o veículo é novo.

Após percorridos 500 Km, não é mais necessário fazer essa prática. Logo, após as primeiras quilometragens, aquecer o veículo é apenas gasto desnecessário de combustível.

Diante disso, fica evidente que fazer uma direção econômica é possível, e para isso, você deve ficar atento a essas dicas  e também observar o que pode ser praticado de acordo com a sua realidade.


2 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page