top of page
  • Foto do escritorBeltrão

IPVA Vencido: saiba quais as consequências de não estar em dia


IPVA Vencido: saiba quais as consequências de não estar em dia
IPVA Vencido: saiba quais as consequências de não estar em dia

IPVA vencido é uma verdadeira dor de cabeça para os proprietários de veículos.

O Imposto Sobre Propriedade de Veículo Automotor, o IPVA, é um dos impostos mais caros relacionados aos veículos. Ele é destinado a cidadãos que possuem carros, motos, caminhões, ônibus, entre outros veículos.

Por isso, é preciso estar em dia com esta obrigação para evitar encargos como juros e multas.


Entenda como pagar o IPVA vencido


O IPVA é enviado pelos Correios e, geralmente, chega no mês de dezembro na residência do proprietário do veículo.

Também pode ser consultado de forma online, como veremos ao longo deste artigo.

Ao contrário do que muitos pensam, não pagar o IPVA em dia não é considerado como uma infração de trânsito e nem é cabível de punição administrativa.

No entanto, o proprietário do veículo fica sujeito à cobrança de multa de 0,33% por dia de atraso e, ao chegar em 60 dias, os juros passam a ser fixos de 20% sobre o valor do imposto, acrescido da taxa Selic.

Vale lembrar ainda que, se o proprietário do veículo já tiver seu nome inscrito na dívida ativa, estará sujeito a acréscimos de mais de 20%, que podem chegar a 40 %, além da Taxa Selic e as custas se houver processo judicial.

Pesado, não?!

Além do mais, ignorar o pagamento do IPVA também leva ao impedimento de renovar o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV). Lembrando que esse licenciamento é obrigatório e deve ser renovado todos os anos, e a falta dele pode gerar infração de Trânsito prevista no Código de Trânsito Brasileiro (C.T.B.) – em seu artigo 230, V. IPVA Vencido: saiba quais as consequências de não estar em dia


Como consultar IPVA vencido


Para consultar o IPVA 2023 e de anos anteriores, basta acessar o portal da Secretaria da Fazenda do seu estado.

No portal, preencha os dados, como, por exemplo, RENAVAM e a placa do carro ou moto.

De modo geral, os sites estaduais já oferecem a opção de baixar o boleto do IPVA em atraso.

Dessa forma, você tem apenas de efetuar o pagamento da maneira que lhe for mais conveniente.


Como pagar IPVA em atraso. IPVA Vencido: saiba quais as consequências de não estar em dia


Para te ajudar a entender como pagar o IPVA em atraso, confira o passo a passo a seguir.


Passo 1: acesse o site da Secretaria da Fazenda do seu estado. Tenha em mãos a placa do seu veículo e do RENAVAM.

Passo 2: acesse a aba para emitir a guia de pagamento. Neste caso, o documento para pagar IPVA em atraso se chama “Guia para Regularização de Débitos (GRD)”. O sistema vai emitir, de maneira automática, o boleto do imposto, acompanhado da multa, juros e demais encargos do atraso.

Passo 3: Escolha se deseja pagar o IPVA em atraso ou se deseja parcelar.

Passo 4: efetue o pagamento nas agências bancárias, ou casas lotéricas, ou ainda pelo internet banking.


Saiba se é possível parcelar o valor do IPVA vencido


Caso você não tenha o valor para pagamento do IPVA à vista, não se preocupe. Você pode parcelar o pagamento do IPVA atrasado.

Para isso, no momento de escolher a forma de pagamento, você precisa avaliar, de maneira criteriosa, qual é a sua situação financeira e a melhor forma de proceder o pagamento.


Confira por quanto tempo pode rodar com o IPVA vencido


Como adiantamos, circular com o IPVA vencido não é uma infração de trânsito, mas impede de renovar o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV).

O CRLV é de porte obrigatório e, este sim, passível de infração de natureza gravíssima, de acordo com o Art. 230 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Geralmente, o prazo para emitir o CRLV é no mês de setembro.

Dessa forma, o condutor que for flagrado sem o documento, recebe multa no valor de R$ 293,47.


Saiba quais as consequências de andar com IPVA atrasado


Como vimos, a principal consequência de andar com o IPVA vencido é não poder tirar o licenciamento do seu veículo.

Além disso, vale reforçar que o não pagamento do IPVA gera mais custos, como multa, juros, nome no SPC e Serasa.

Por isso, caso você seja flagrado circulando com o IPVA em atraso terá que fazer o pagamento.


Entenda se é possível ter desconto na dívida do IPVA


Em algumas situações, é possível ter acesso a condições para pagamento que seguem a linha facilitada.

A grande questão que envolve esses programas é a duração. De modo geral, essas ações acontecem por períodos limitados, entre um e dois meses.

Uma alternativa para regularizar o IPVA vencido é fazer um empréstimo com juros mais baixos.

Dessa forma, você troca a dívida por outra mais barata e com maiores prazos para pagamento.

Viu como regularizar o IPVA vencido é fundamental para poder transitar com tranquilidade e ter acesso ao CRLV, documento de porte obrigatório do veículo? Seguindo essas dicas, regularizar a situação do IPVA em atraso fica mais fácil!


4 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page