top of page
  • Foto do escritorBeltrão

Comprar carros usados, 10 cuidados essenciais


Comprar carros usados, 10 cuidados essenciais
Comprar carros usados, 10 cuidados essenciais

Comprar carros usados acaba sendo a opção mais viável para quem deseja economizar, sem abrir mão do conforto de ter o seu próprio veículo, concorda?

Ainda mais se você acabou de tirar a sua primeira habilitação. No entanto, é necessário prestar atenção em algumas questões para não fazer um mau negócio.

Isso porque, é comum que os condutores fiquem encantados com as palavras do vendedor e a aparência externa do veículo, e se esqueçam de observar se há algo de errado em outras partes do automóvel, como o motor.


1. Teste os carros usados antes de comprar. Comprar carros usados, 10 cuidados essenciais


O primeiro cuidado ao comprar carros usados deve ser testá-lo antes de efetuar a compra.

Veja com o dono do veículo, ou com a concessionária, se existe a possibilidade de rodar com o carro por um dia ou mais.

Dessa forma, você pode identificar se existe algo de errado, ou que mereça atenção.

Assim, ao comprar carro usado, evite fazer apenas um teste drive rápido, pois isso não costuma ser suficiente.

O motivo é simples: com o vendedor falando sobre os benefícios do carro, somado ao seu desejo de comprar, a tendência é que os defeitos acabem sendo ignorados.


2. Saiba quais são os carros com pouco valor de revenda


Você já deve saber que existem aqueles veículos que não são tão queridos no mercado, não é mesmo?

Consequentemente, eles devem ser repassados por valores menores, bem como devem ser avaliados com bastante cautela. Comprar carros usados, 10 cuidados essenciais

Caso o seu desejo seja economizar, sempre avalie os prós e os contras do veículo em questão.

Afinal, sendo ele indesejado, o vendedor fará um grande esforço para vendê-lo, podendo gerar a ilusão de um bom negócio, sendo que, talvez, seja melhor esperar e repensar a proposta.


3. Opte por comprar o carro de um amigo


Essa é a nossa dica de ouro. Afinal, ao comprar o carro de um amigo, a probabilidade de fazer uma má compra é reduzida, pois trata-se de uma pessoa conhecida e que deseja o seu bem.

Outro ponto importante é a acessibilidade, ou seja, qualquer problema que o carro apresentar pode ser facilmente comunicado ao vendedor, e isso é muito importante ao adquirir um veículo usado.

Portanto, se possível, sempre opte por comprar o carro de um amigo.


4. Pesquise preços em outras cidades


Existe uma grande variação de preços de carros usados entre uma cidade e outra e, em alguns momentos, é mais vantajoso ir a um local mais distante para fazer um bom negócio.

Portanto, pesquise os preços dos carros que você tem interesse em outras cidades e compare.

Muitas vezes, as diferenças são surpreendentes e você pode garantir uma compra mais rentável ou mais vantajosa do que aquela que você faria em sua região.


5. Pesquise a procedência do veículo


Pesquisar a procedência do veículo é fundamental para descobrir se ele não é roubado.

Muitos criminosos podem disfarçar muito bem suas ações, e acabam por disponibilizar veículos ilegais para venda.

Comprar um carro desse pode gerar inúmeros transtornos para você, bem como favorecer pessoas de má índole.

Logo, verifique se o veículo está regularizado no Detran e, caso encontre qualquer irregularidade, denuncie aos órgãos responsáveis.

Dessa maneira, além de evitar um grande transtorno, você impede que criminosos continuem agindo e prejudicando a vida de outras pessoas.


6. Considere o laudo de vistoria obrigatória


Muitas vezes, na ânsia de adquirir o veículo, você pode deixar detalhes importantes passarem despercebidos.

Por isso,  além de checar o estado do carro de um modo geral, peça para verificar o laudo da vistoria obrigatória.

O laudo verifica as condições de segurança e de emissões de poluentes dos veículos em circulação no Brasil.

A vistoria é obrigatória a cada 2 anos e, sem a inspeção, não será possível fazer o licenciamento.

Desconfie sempre quando o valor do automóvel estiver muito abaixo da tabela FIPE. Mantenha-se atento também à falta de detalhes durante a negociação com o vendedor.

Lembre-se que a compra de um carro usado deve ser feita com uma negociação inteligente.

Ou seja, se estiver fácil demais, dê um passo atrás e observe atentamente o estado do automóvel.

Dessa maneira, você se preserva de adquirir um veículo em estado desfavorável e que pode, inclusive, representar riscos à sua integridade física.


7. Leve um mecânico de confiança para avaliar o carro


Ter uma segunda opinião é sempre valiosa, principalmente se ela for proveniente de uma pessoa que gosta de você e/ou que tenha experiência em comprar carros usados.

Por isso, sempre leve uma companhia para avaliar o veículo junto com você. Deixe que ela também teste o carro e que dê a opinião acerca do estado de conservação do automóvel.

É comum que, na ansiedade, muitos negócios sejam fechados de maneira precoce.

No entanto, quando você tem uma segunda pessoa avaliando o carro usado, é possível ter uma visão mais imparcial da situação.


8. Não tenha pressa para comprar carros usados


Até aqui, você já deve ter percebido que a pressa pode ser bastante desfavorável na hora de comprar carros usados, não é mesmo?

Logo, busque manter a calma e pesquise com bastante cuidado sobre as marcas, os preços, a origem do veículo.

Este cuidado fará com que você otimize seu tempo futuro, evitando transtornos como defeitos, que podem colocar a sua segurança em risco.

Até porque comprar carro usado de maneira apressada pode fazer com que haja a necessidade de trocá-lo em um curto período de tempo.

Isso, além de ser financeiramente prejudicial, é bastante estressante.


9. Verifique a conservação do veículo


É preciso estar bastante atento na hora de comprar carros usados.

Afinal, esse cuidado é fundamental para adquirir um veículo de qualidade e durabilidade, o que reduz os riscos de acidentes.

Outro fator a ser considerado é o estado de conservação do veículo.

Um automóvel em bom estado diminui a necessidade de manutenções, o que acaba sendo mais vantajoso e também evita uma troca prematura.


10. Evite comprar carros usados de cidades litorâneas


A maresia é uma vilã conhecida de muitos donos de carros, pois ela corrói a lataria dos veículos, comprometendo a sua estrutura.

Por isso, o ideal é evitar comprar carros de cidades litorâneas, a exemplo de Fortaleza.

Logo, seguir essas dicas ao comprar carros usados é fundamental para ter sucesso na negociação e evitar transtornos futuros.

E então, preparado para colocar os cuidados ao comprar carros usados em prática? Compartilhe em suas redes sociais e alerte seus amigos sobre isso!

Logo, seguir essas dicas ao comprar carros usados é fundamental para ter sucesso na negociação e evitar transtornos futuros.


3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page